MOVIMENTO ELEITOR FICHA LIMPA

SEJA UM ELEITOR FICHA LIMPO

O BLOB DO RALPH ESTÁ LANCANDO A CAMPANHA ELEITOR FICHA LIMPA

ELEITOR FICHA LIMPA, não vende o seu direito, não o troca por favores pessoais, pois seu direito é também seu dever e sua responsabilidade, instrumento para a construção de uma sociedade justa e democrática.

A aprovação da Lei da Ficha Limpa, a partir da iniciativa de eleitores, suplantando as resistências no Congresso e no Supremo Tribunal Federal, é um fato muito positivo, que deixa evidente a possibilidade de banir da vida pública brasileira os corruptos de todas as espécies.

Muitas pessoas foram torturadas e muitas morreram, muitas famílias foram totalmente esfaceladas, para qualquer um hoje poder votar e ser votado se assim desejar. Depois de anos de lutas em 1988 a Constituição trouxe de fato de volta o direito de todos participarem, e eleger por meio do voto, o melhor governante para seu país.

Porém o que tem acontecido na prática é o desvirtuamento desses preceitos, mediante coação ou outras formas de corrupção, artifícios utilizados por políticos arbitrários ou simplesmente corruptos desprovidos de padrões éticos, para anular a vontade dos governados e assim impedir a prática da democracia.

Políticos corruptos exploram a situação de pobreza e inferioridade social dos eleitores, ou simplesmente a inconsciência e o egoísmo dos que ainda não entenderam que 50 ou 100 reais no dia da eleição não vão mudar nada na sua vida, mas muitas coisas podem não mudar ou piorar na sua cidade, e no seu país.

Não podemos cair na velha manipulação e truques, como o da boca de urna, que na verdade compra seu voto, devemos sempre reafirmar que o benefício pessoal momentâneo, pode nos custar caro em longo prazo.

Pois alguns políticos, buscando, sem qualquer escrúpulo, seus proveitos pessoais, anulam de vários modos, o direito de livre escolha dos eleitores. Há os que compram diretamente e sem rodeios esse direito, outros cobram uma compensação por benefícios que concederam como ocupantes de um cargo público, apelando para o sentimento de gratidão dos eleitores, outros fazem promessas enganosas e demagógicas para os eleitores ingênuos ou egoístas. E assim os eleitores perdem o seu direito de participação no governo e são mal governados, sendo vítimas de seus próprios erros decorrentes de inconsciência ou egoísmo.

Os que vendem ou cedem ingenuamente o seu direito de independência política, prejudica a si próprio e toda a coletividade, se tornando tão ficha suja como seu candidato, devendo ser punido e cassado em seus diretos políticos.

ASSINE POR UM PROJETO DE LEI QUE PUNE OS ELEITORES QUE VENDEREM SEUS VOTOS

sábado, 28 de agosto de 2010

ELEITOR FICHA LIMPA

MOVIMENTO ELEITOR FICHA LIMPA

SEJA UM ELEITOR FICHA LIMPO


ELEITOR FICHA LIMPA, não vende o seu direito, não o troca por favores pessoais, pois seu direito é também seu dever e sua responsabilidade, instrumento para a construção de uma sociedade justa e democrática.

 

A aprovação da Lei da Ficha Limpa, a partir da iniciativa de eleitores, suplantando as resistências no Congresso e no Supremo Tribunal Federal, é um fato muito positivo, que deixa evidente a possibilidade de banir da vida pública brasileira os corruptos de todas as espécies.

 

Muitas pessoas foram torturadas e muitas morreram, muitas famílias foram totalmente esfaceladas, para qualquer um hoje poder votar e ser votado se assim desejar. Depois de anos de lutas em 1988 a Constituição trouxe de fato de volta o direito de todos participarem, e eleger por meio do voto, o melhor governante para seu país.

 

Porém o que tem acontecido na prática é o desvirtuamento desses preceitos, mediante coação ou outras formas de corrupção, artifícios utilizados por políticos arbitrários ou simplesmente corruptos desprovidos de padrões éticos, para anular a vontade dos governados e assim impedir a prática da democracia.

 

Políticos corruptos exploram a situação de pobreza e inferioridade social dos eleitores, ou simplesmente a inconsciência e o egoísmo dos que ainda não entenderam que 50 ou 100 reais no dia da eleição não vão mudar nada na sua vida, mas muitas coisas podem não mudar ou piorar na sua cidade, e no seu país.

 

Não podemos cair na velha manipulação e truques, como o da boca de urna, que na verdade compra seu voto, devemos sempre reafirmar que o benefício pessoal momentâneo, pode nos custar caro em longo prazo.

 

Pois alguns políticos, buscando, sem qualquer escrúpulo, seus proveitos pessoais, anulam de vários modos, o direito de livre escolha dos eleitores. Há os que compram diretamente e sem rodeios esse direito, outros cobram uma compensação por benefícios que concederam como ocupantes de um cargo público, apelando para o sentimento de gratidão dos eleitores, outros fazem promessas enganosas e demagógicas para os eleitores ingênuos ou egoístas. E assim os eleitores perdem o seu direito de participação no governo e são mal governados, sendo vítimas de seus próprios erros decorrentes de inconsciência ou egoísmo.

 

Os que vendem ou cedem ingenuamente o seu direito de independência política, prejudica a si próprio e toda a coletividade, se tornando tão ficha suja como seu candidato, devendo ser punido como prevê a Lei e cassado em seus diretos políticos.


“Art. 299 do Código Eleitoral, verbis: “Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita: Pena- reclusão de quatro anos e pagamento de cinco a quinze dias-multa.”

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário